Gestão financeira

4 instrumentos de gestão financeira essenciais para sua empresa

Escrito por Adianta

A gestão financeira é uma atividade essencial para melhorar a organização de qualquer empresa. Sem ela, não é possível o bom funcionamento e sucesso no negócio. Por isso, utilizar instrumentos de gestão financeira é uma forma de melhorá-la e torná-la mais prática.

Mas será que você sabe o que eles são? Não? Então acompanhe este artigo e descubra quais são e para o que servem!

O que são instrumentos financeiros?

Todo contrato capaz de criar um ativo e um passivo financeiro ou um título patrimonial é chamado de instrumento financeiro. Simplificando, ele é um documento que gera um valor ou caixa a ser recebido por uma parte, enquanto para a outra, um custo, obrigação ou, no caso de títulos patrimoniais, uma fatia da empresa.

Quais são os instrumentos de gestão financeira?

Existem ferramentas que podem auxiliar para que essas operações sejam mais fáceis. Confira algumas:

1. Controle de estoque

O controle de estoque é uma ferramenta de gestão financeira essencial para o equilíbrio do negócio. Qualquer problema que ocorra nesse setor, como estoque excedente e pouca saída de produtos, pode gerar prejuízos.

Desvios e capital parado são alguns dos problemas e representam um grande custo para o empreendimento. Por isso, é importante o monitoramento para manter os funcionários atualizados a respeito da reposição ou até mesmo redução do estoque.

2. Balanço patrimonial

Essa ferramenta é a responsável por analisar a condição financeira do empreendimento. O objetivo principal para fazer um balanço patrimonial é saber qual é a real circunstância dos lucros e dividendos.

Fazer isso é de grande importância, pois ajuda a identificar o patrimônio líquido do negócio, ou seja, os ativos (caixa, contas, notas, bens, equipamentos etc) e passivos (contas, salários, contribuição, dívidas, entre outros) da empresa.

3. Controle de custos

É o procedimento para descobrir se os investimentos têm um retorno eficiente ou não. Aqui, é avaliado o orçamento, bem como se os valores cobrados nos produtos ou serviços fazem jus ao negócio ou precisam passar por uma revisão.

Para obter essas informações é realizado um estudo de todos os custos, despesas, andamento das vendas, lucros e capital investido.

4. Fluxo de caixa

A ferramenta fluxo de caixa é encarregada de relacionar tanto as entradas quanto as saídas de valores da empresa em certo período de tempo. Para realizar esse controle é preciso acompanhar todos os dias as movimentações da conta, realizando anotações de recebimentos (vendas de produtos, lucros de investimentos) e pagamentos (salários, tributos, fornecedores).

A melhor maneira de monitorar o fluxo de caixa e otimizar o processo é por meio da contratação de uma empresa especializada em antecipação de recebíveis. Esse serviço auxiliará a prever de forma mais rápida a disponibilidade de recursos financeiros para um futuro próximo, inclusive quanto à escassez ou excesso de caixa.

Com esses 4 exemplos de instrumentos de gestão financeira esperamos que fique claro como esses processos são fundamentais para melhorar a administração e manter a vida útil da empresa o mais saudável possível. 

Gostou do nosso texto? Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais. Estamos no FacebookTwitter e Linkedin!

Sobre o autor

Adianta

Deixar comentário.

Share This